Você dirige muito mal!

14Sep10

Este é para você, motorista. Por motorista, entenda-se qualquer pessoa que dirija qualquer veículo.

Ei! Você! Você mesmo! Poxa, tinha que jogar a latinha de coca-cola pela janela? Não podia esperar até chegar em casa ou no trabalho? Tão difícil, né? Que saco ter que ficar com essa latinha dentro do carro. Que coisa chata. Melhor contribuir para a poluição de nossas ruas, não é? Idiota.

E você? Tá olhando o quê? Eu vi, viu? Vi quando você fez retorno em lugar proibido. O que foi? Tava com preguiça de dirigir mais um 10 metros até o retorno mais próximo? Claro, né? É muito esforço, muito pesado e você anda cansado, não tem ido a academia. Palerma.

Não, não esqueci de você, não. Eu tava lá, na minha, dirigindo pra casa, quando você sentiu a necessidade de atravessar 3 vias de uma vez pra não perder a sua saída. Me cortou direitinho, quase bati no carro da vovó que dirigia ao lado, semi-cega, a 10 km/hora. Mas, tudo bem! Deus me livre você perder a sua saída e ter que entrar na próxima rua, né? Isso seria uma disfeita! Energúmeno.

Poxa… Logo você? Nunca imaginei isso de você. Lutou tanto pra comprar essa moto e agora parece uma barata tonta no meio do trânsito. Você sabia que é um veículo igual aos outros? Tem que seguir regras, e tal. Você, por acaso, foi para a auto-escola, pelo menos? Ah… Esqueceu. Tá muito caro. Tudo bem. Mas precisa ficar se esgueirando entre os carros? Você fica no meu ponto cego de propósito ou é sem querer? Ah, tá. Tudo bem, então. Mas, não reclame quando eu bater na sua moto e você voar 15 metros pelo ar. Imbecil.

Pra quê isso, hein? Já tá abrindo o sinal. Você não pode ficar esperando na faixa? Você acha que ficar acelerando antes de abrir e andar um pouquinho pra frente vai fazer com que chegue na hora? Por quê essa falta de consideração com a faixa de pedestres? Caso você não saiba, todo mundo está sempre atrasado para alguma coisa, ok? Você não é especial. Hunf! Filho da mãe.

Sério? De novo? É realmente necessário cortar todos os sinais? Poxa, esse já tava quase abrindo. E aquele estava no amarelo! Você por acaso está morrendo, sangrando, socorrendo alguém, carregando uma grávida em trabalho de parto ou algo do tipo? Então, dá para respeitar um pouco mais o trânsito? Babaca.

E você, bonitinho. Filhinho de papai que não deixará você ir pra cadeia, caso faça uma merda. É realmente muito bonito tomar umas cervejas e ficar zanzando por aí com uma garrafa de whisky debaixo do banco e um monte de menininhas inocentes e idiotas no seu banco de trás. Fica querendo aparecer cantando pneu, fazendo curvas fechadas e rápidas, atravessando sinais vermelhos. Nem pensa na coitada que tá voltando do trabalho de madrugada, morrendo de saudade dos filhos, né? Você nem pensou nela quando bateu em seu carro.  Amanhã você tá numa boa. Ela, nem tanto. Canalha.

Minha senhora, vamos andar, pelamordedeus. Eu sei que a senhora tem 98 anos e é jovem como uma flor mas, precisa dirigir na mesma velocidade em que anda? Olha, acho muito bonito que a senhora esteja saudável e rondando por aí, mas tudo tem limite, né? Inclusive o trânsito. Tem limite de alta e de baixa, também. Então, vê se enfia o pézinho aí, que nós queremos chegar em casa antes de amanhã. Lerda.

Qual é a sua, hein, taxista? Parece que o seu cliente está sempre com pressa? Precisa cortar todos os carros que encontra? Precisa viver buzinando e dando luz alta sem necessidade? Você ganha mais com isso? Fica mais calmo, menos estressado? Você gosta de bagunçar o trânsito? Ah, sim. Entendi. Então vai lá. Estúpido.

E você, motorista de ônibus? Rei da rua. Você parece dirigir pior que a vovozinha. Não respeita ninguém, parece que tá sozinho na estrada. Não pede licença, já vai chegando. Não dá luz alta, vai por cima. Não liga o pisca-pisca, vai direto e sai de frente quem for inteligente. E ainda fica buzinando se nós estivermos andando com mais calma. Por acaso, você não está vendo o adesivo de “Bebê a bordo”? Isso não significa nada pra você? Então passa por cima. Ignorante.

Poxa, caminhoneiro. 20 km por hora é o máximo que você consegue? Por que é que você sempre fica na minha frente quando vou chegando no sinal? Eu nunca consigo saber se ainda tá verde ou não! Você não é tão idiota como os outros, mas é chato, viu? Inconveniente.

Você, motorista, não vale nada. Você dirige muito é mal.

Agora, com licença que eu tenho que resolver umas coisinhas e já estou atrasada. Vou ter que dar um miguezinho naquele retorno bem ali. Hipócrita.



3 Responses to “Você dirige muito mal!”

  1. 1 Deborah Fernandes

    Mas pia! O sujo falando do mal lavado! kkkkkkkkkkk

  2. 2 tecafernandes

    Adorei a critica bem humorada.
    Seria cômico senão fosse trágico.
    Por uns e por outros, sempre alguém leva a pior.

  3. definitivamente, amiga, você está se superando a cada novo texto. é cada um melhor, mais bem colocado, crítico e inteligente do que o outro.
    já pensou em selecionar os melhores e lançar em forma de livro? caso passe pela sua cabeça essa ideia, me procure, que eu estou trabalhando como agente literário também… rsrs


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: